A Gestação

A Gestação em geral

 

A gestação dura aproximadamente entre 62 e 67 dias, Mas pode variar de raça para raça. Se a fêmea gestante chegada ao dia 69 não tiver sinais de parto, é aconselhável uma visita ao veterinário. O risco de morte pré-natal aumenta por cada dia que passa sem a ocorrência do parto. Muito importante também é ver como a futura mamã se comporta.: se se mantém calma ou  se se vê alguma ansiedade

 

 

Os Sinais

 

 

O primeiro sinal de gravidez na gata é os mamilos ficarem mais rosados e mais inchados. Isto é visível a partir do 21º dia após o acasalamento. Também pode acontecer perca de pelo na zona circundante do mamilo 

 

 

 

Pode haver vómitos ocasionais e , podem comer menos inclusive.

 

No 2º mês de gestação a gata dorme mais, e come mais.  Há fêmeas que mudam o seu comportamento, outras não.

 

Quando a gravidez atinge as 5/6 semanas a barriga da fêmea começa a alargar e notará que ela está mais pesada. Claro que tudo depende de quantos bebes ela carrega. Se tiver um único bebe dificilmente se notará a barriga mais larga.

 

 

Não havendo a certeza que a fêmea está gestante, convém fazer-se um RX e uma ecografia de gestação.

 

Porém nunca se deverá fazer um RX antes dos 40 dias de gestação! Isto porque pode causar danos irreversíveis aos esqueletos dos bebes. Um ecografia de gestação poderá ser feita com segurança a partir do 21º dia de gestação.

 

 

Estes dois exames distintos darão resultados diferentes:

 

O RX dará a informação de quantos bebes existem, através dos seus esqueletos, enquanto que a Ecografia dará a informação sobre se há vida no útero, se há batimentos cardíacos, se há stress fetal.

Contudo há que pesar os prós e os contras de levar a fêmea gravida a uma clínica, sujeitá-la ao stress da viagem e bem assim à possível contaminação com qualquer bactéria que possa existir na clínica. Aconselha-se estes procedimentos se for estritamente necessário.

 

 

 

Cuidados a ter com a fêmea gestante

 

 A partir da 4ª semana de gravidez a fêmea gestante tem uma maior necessidade de proteína, gordura, minerais e vitaminas do que o habitual e sua necessidade está aumentando constantemente à medida que a gravidez avança. No final da gravidez, a fêmea precisa de cerca de 50% a mais de nutrição do que o habitual.

 

Poderá dar-lhe galinha cozida, queijo fresco (contém cálcio e é muito bom para o desenvolvimento dos esqueletos dos bebés)

 

Aconselha-se a dar Taurina pois previne as malformações e abortos espontâneos.

 

A fêmea devera ter livre acesso à comida na gestação e amamentação. 

 

Quando precisar levantar e carregar uma fêmea grávida, recomenda-se usar ambas as mãos, uma para as patas dianteiras e outra para as patas traseiras, e ela definitivamente se sentirá mais segura e confortável.